Total de visualizações de página

domingo, 22 de agosto de 2010

Por Dez

(Pirkê Avot)


 

O mundo foi criado por dez palavras. E porque nos ensinam isso? Não bastaria uma só? Foi para tornar mais severo o castigo dos ímpios que possam causar a ruina deste mundo por dez palavras Divinas criado, e para aumentar a recompensa dos justos que pelas suas virtudes mantem este mundo criado por dez palavras Divinas.

Dez gerações se sucederam de Adão a Noé, isto prova a longanimidade de D'us, pois todas estas gerações o provocaram e só a decima pereceu pelo diluvio.

Dez gerações se sucederam de Noé a Abraão, e isto constitui mais uma prova da longanimidade de D'us, pois todas estas gerações o provocaram, mas veio o nosso pai Abraão e obteve o premio de todas elas.

A dez provas foi Abraão submetido e de todas saiu triunfante e isto prova quão grande foi o seu grande amor por D'us.

D'us fez dez milagres a favor dos nossos pais no Egito e outros dez quando da sua passagem pelo mar vermelho. D'us castigou os egípcios com dez pragas no Egito e mais dez próximo do mar vermelho.

Os nossos antepassados provaram dez vezes ao Santo, bendito seja Ele, no deserto com se lê: "eles tentaram-me dez vezes e não obedeceram a minha voz".

Dez milagres se realizaram no templo de Jerusalém a favor dos nosso antepassados, nenhuma mulher abortou com o cheiro da carne dos sacrifícios, a carne do sacríficos nunca se corrompeu, nunca se viram moscas no matadouro do templo, nunca se viu qualquer impureza acidental manchasse o sumo sacerdote no dia de Kipur, a chuva não apagou nunca o fogo que ardia no altar, o vento não chegava a perturbar a coluna de fumaça que se elevava dos sacrifícios, nunca se encontrou nenhuma impureza no Omer (medida de farinha da nova colheita que se oferecia no segundo dia de Pessach), nem nos dois pães (Oferta no segundo dia de Shavuot), nem nos pães de proposição, o povo ainda que em massa, sempre pode prostrasse-se com facilidade, nunca ninguém foi picado em Jerusalém por serpente ou escorpião, finalmente, ninguém teve razões para se queixar de não encontrar onde se deitar na cidade santa.

Nenhum comentário: