Total de visualizações de página

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

26 Razões porque ninguém vai morar no Céu



 A parábola do trigo de joio

E,pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
(Mateus 10: 7)

Jesus, nosso senhor, enviou os seus discípulos para anunciar a muitos a novas de salvação.

Mas em que resulta a salvação? Na vida eterna. Com ressurreição, mediante o toque da trombeta e nosso triunfal acesso à eternidade, assentar-nos-emos ao lado do grande rei, no reino de justiça e paz.

Ele, porém, lhes disse: também é necessário que eu anuncie a outras cidades o evangelho do Reino de Deus, porque para isso fui enviado. (Lc.4:43)

E aconteceu, depois disso, que andava de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do Reino de Deus; e os doze iam com ele, (Lc. 8:1).

Jesus buscava resgatar almas para o reino e vida com Deus. Da mesma forma este aspecto mostra-se uma prioridade na vida do servo e Deus.

Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vais e anuncia o Reino e Deus. (Lc. 9:60)

O próprio Jesus fez uma narrativa a respeito de seu futuro reino na forma de uma parábola, dizendo assim em Mt. 13:24-30

Propôs-lhes outra parábola dizendo: O Reino dos céus é semelhante ao homem que semeia boa semente no seu campo; mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou o joio no meio do trigo, e retirou-se.
E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.

E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor não semeaste tu no teu campo boa semente? Por que tem, então, joio?

E ele lhes disse: um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo?
Porém ele lhes disse: Não para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.

Deixai crescer ambos juntos até a ceifa, direi aos ceifeiros: colha primeiro o joio e atai em molhos para queimá-lo; mas o trigo, ajuntai no meu celeiro.

É interessante o que vamos observar. Os discípulos não compreenderam esta narrativa de Jesus, a que Ele próprio expôs o significado. Todos os símbolos aqui apresentados são explicados em detalhes, mas à frente, dentro do mesmo capítulo. Antes disso em detalhes, mais a frente, dentro do mesmo capítulo. Antes disso, porém, convido a refletirmos sobre aspectos aqui neste texto, que facilitarão explorar o assunto.

Reino dos céus: Jesus fala do Reino dos céus, o mesmo que os discípulos anunciavam.
Homem que semeia: Aquele que sai lançando a semente boa.
No seu campo: A semente é lançada dentro do campo pertencente a este homem.
O inimigo: O qual, aproveitando-se do sono dos servos, vem e semeia o joio.
Servos: Aqueles que trabalham no campo e que querem arrancar o que não foi plantado como trigo.
Ceifa: Não autorizados a arrancar o joio até o tempo da colheita. Os ceifeiros são instruídos a esperar.
Ceifados: Primeiro o joio. Somente depois o trigo é levado ao celeiro.

Agora então estamos prontos para considerar a explicação de Jesus sobre está parábola, que diz assim:
"Então tendo despedido a multidão, foi Jesus para casa". E chegaram ao pé dele os seus discípulos, dizendo: Explica-nos a parábola do joio do campo. E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente é o filho do homem, o campo é o mundo, a boa semente são os filhos do Reino, e o joio são os filhos do maligno.

O inimigo que o semeou é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos.

Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo. Mandará o filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu Reino tudo o que causa escândalo e os que cometem iniqüidade. E lançá-los-ão na fornalha do fogo; ali, haverá pranto e ranger de dentes. Então os justos resplandecerão como o sol, no Reino de seu pai. Quem tem ouvidos para ouvir que ouça."(Mt. 13: 36- 43)

Analisaremos juntos, a seguir a explicação sobre a parábola expressa pelo SENHOR.
O semeador da boa semente: O Filho do Homem, que veio pra semear o evangelho do reino.
O campo: O campo é o mundo em que vivemos.
A boa semente: São os filhos deste reino anunciado por Jesus, ou seja, o trigo.
O joio: São os filhos do maligno, que desobedecem a Deus.
O inimigo: O diabo, que semeou o joio no mundo e retirou-se, contaminando o campo.
Ceifa: O fim do mundo.
Ceifados: são os anjos.
Preste bastante a atenção nos versos 40 e 41 e responda:
Jesus manda os ceifeiros a este mundo para colher o que a fim de serem destruídos?
Resposta: o joio, ou seja, os filhos do maligno.
De onde os anjos colhem a má semente, os filhos do maligno?
Resposta: do reino, ou seja, do campo onde plantou a boa semente, os filhos do reino.
Onde os justos resplandecem?
Resposta: Neste reino. Neste campo. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!
Que planta não foi plantada?Que planta será arrancada?
Resposta: O joio não é planta de Deus e não pode permanecer no campo de Jesus. Lembre-se que os servos disseram: "Não semeaste tu boa semente no teu CAMPO?".
" ele, porém, respondendo, disse toda a planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada." (Mt. 15: 13)

Aqui novamente Jesus fala da planta não plantada por Deus, e o fim trágico do joio.
"Porque o SENHOR ama o juízo e não desampara os seus santos; eles são preservados para sempre; mas a descendência dos ímpios será desarraigada. Os justos herdarão a terra e habitarão nela para sempre." (SI. 37: 28,29).

Dupla função dos anjos

Os anjos de Deus ou ceifeiros de cristo desempenham importante ação na volta de Jesus. Este amado Jesus nos fala desta tarefa a ser executada pelos anjos.

"Mandará o filho do Homem os seus anjos, e eles colherão do seu Reino tudo o que causa escândalo e os que cometem iniqüidade."

"Igualmente, o Reino dos céus é semelhante a uma rede lançada no mar e que apanha toda qualidade de peixes. E, estando cheia, a puxam para praia e, assentando-se apanham para os cestos os bons; os ruins, porém lançam fora. Assim será na consumação dos séculos: virão os anjos e separaram os maus dentre os justos. E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali, haverá pranto e ranger de dentes." (Mt. 13: 41,47-50).

Os anjos de Deus farão separação entre os justos e maus, ao destruírem do reino de Jesus, os que causam escândalo e cometem iniqüidade.

"... assim será também a vinda do filho do Homem. Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntaram as águias." (Mt. 24:27, 28).

"E, respondendo, disseram-lhe: Onde, Senhor? E ele lhes disse: onde estiver o corpo, aí se ajuntaram as águias." (Lc. 17:37).

Jesus faz alusão aos anjos, como sendo águias numa atividade de extermínio e limpeza do mundo, ao mesmo tempo em que separam a boa semente, ou os filhos do reino.

Ajuntar os salvos

" E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntaram os seus escolhidos deste os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus."(Mt. 24:31).

Os anjos enviados por Jesus vêm para também ajuntar os escolhidos de todas as partes de onde se acham espalhados.

"... isto pela palavra do senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precedemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós os que ficarmos vivos, seremos arrebatados junto com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor."(I Ts. 4:15-17).

Observe você que somos arrebatados para encontrar o Senhor Jesus nas nuvens. Vamos recepcioná-lo no momento em que os anjos nos põem juntos, Obedecendo à ordem do messias. Ao mesmo tempo em que o campo, o mundo, estará sendo limpo pelos ceifeiros que destroem os inimigos de Deus.

Levado e deixado

Na vinda de Jesus, quem será levado e quem será deixado? Jesus nos responde!

"O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar".

Porém daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o filho mas unicamente meu Pai. E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam,bebiam,casavam e davam-se m casamento, ate o dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do filho do Homem.

Então, estando dois no campo, será levada um, e deixado o outro; Estando duas moendo no moinho, será levada uma e levada outra.

Vigiai, pois, porque não sabe a que hora a de vir o vosso Senhor. Mas considerai isto: se o pai o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. Por isso, estai vós apercebidos também, porque o filho do Homem há de vir à hora em que não penseis. "(Mt.24:35-44)

No texto acima Jesus explana como acontecerá na sua vinda. O que parece fácil, mas merece uma atenção especial a alguns detalhes. Vejamos:

Dia e hora: Ninguém sabe, exceto Deus. Alguns se aventuraram ainda hoje sobre o que disse Jesus.
A vinda: Será como foi nos dias de Noé.

Não perceberam: os ímpios comiam, bebiam, casavam e estavam despercebidos.
Os levaram a todos: O dilúvio levou estes maus homens.
Quem será levado? Assim também será a vinda do filho do Homem, da mesma forma como foi levados os que estavam despercebidos, serão levados os ímpios.
Dois no campo: Quem será levado? O que estiver salvo? Não!, Mas sim o que estiver despercebido, pois assim ocorreu no dilúvio.
Duas no moinho: Será levada a ímpia, e será deixada a mulher justa.
È necessário estar preparado!
Estar com Jesus
Alguns textos da bíblia são mal interpretados. Há tentativas de dar idéia de que Jesus teria feito promessas diferentes aos salvos.

Os fariseus ouviram que a multidão murmurava dele essas coisas; e os fariseus e os principais dos sacerdotes mandaram servidores para o prenderem.
Disse-lhes, pois: Jesus ainda um pouco de tempo estou convosco e, depois, vou para aquele que me enviou. Vós me buscareis e não me achareis; e onde eu estou vós não podeis vir.
Disseram, pois, os judeus uns para os outros: para onde irá este, que o não acharemos? Irá por ventura, para os dispersos entre os gregos?
Que palavra é esta que disse: Buscar-me-eis e não me achareis; e: Onde eu estou vós não podeis ir? (Jô. 7:32-36)

Analise junto comigo o texto abaixo.

"Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Eu retiro-me, e buscar-me-eis e morrereis no vosso pecado". Para onde eu vou não podeis vós ir.

Diziam, pois, os judeus: Porventura, quererá matar-se a si mesmo, pois diz: Para onde eu vou não podeis vós ir? E dizia-lhes: Vós sois de baixo, eu sou de cima: vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo." (Jô. 8:21-23).

Observe que os judeus não sabiam para onde ia Jesus. Talvez pensassem que iria, quem sabe, para os gregos, por isso se questionava pra onde iria o Senhor de forma que não poderiam segui-lo.

Novamente aqui estão os judeus. Jesus diz que os judeus são de baixo, e que Ele é de cima.

"Filinhos ainda por um pouco estou convosco. Vós me buscareis, e, como tinha dito aos judeus: para onde eu vou não podeis vós ir, eu vo-lo digo também agora. Um novo mandamento vos dá: que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que são meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, para onde vais? Jesus lhe respondeu: Para onde eu vou não podes, agora, seguir-me, mas depois, me seguirás. Disse-lhe Pedro: Por que não poso seguir-te agora? Por ti darei a minha vida. Respondeu-lhe: JesusTu darás a tua vida por mim? Na verdade, na verdade te digo que não cantará o galo, enquanto me não tiveres negado três vezes."

Mas, neste texto acima escrito em João 13: 33-38, com quem Jesus falava?

Você acertou! Com seus discípulos.
Da mesma forma que tinha dito aos judeus, Jesus se dirigiu a seus discípulos, dizendo que para onde ele ia, os discípulos não poderiam segui-lo. Alguém poderia dizer:
"Sim, mas não o seguiram naquele momento!", e isso é certo.
Mas, Sabia Pedro queria então?

Seguir Jesus: Os discípulos queriam seguir Jesus, não obstante o fato de não saberem para onde ia. Isso é importante, e Jesus disse: "depois me seguirás".

"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também." (Jo14: 1-3).

Uma vez estudando o contexto, fica mais fácil entender o texto.

Os discípulos estavam preocupados porque Jesus dizia que iria deixá-los. Eles já estavam acostumados com a companhia do mestre. Jesus conforta-os dizendo que na casa do Pai a muitas moradas. Que Jesus voltará e os levará para si mesmo, para que estejam juntos novamente. Os discípulos estavam desejosos de andar sempre com Jesus. No futuro será tempo disso, conforme o senhor assegurou-lhes.

"E olhei, e eis que estava o cordeiro sobre o monte Sião, e com ele 144 mil, que em sua testa tinham escrito o nome dele e o de seu Pai". E ouvi uma voz do céu como a voz de muitas águas e como a voz de um grande trovão; e uma voz de harpistas, que tocavam com a sua harpa. E cantavam um como cântico novo diante do trono e diante dos quatro animais e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os 144 mil que foram comprados da terra. Estes são os que não estão contaminados com mulheres, porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro. (Ap. 14: 1-5)

Sim, assim estarão os discípulos, a quem Jesus confortou. Novamente com o mestre, novamente seguindo ao amado Rei no futuro domínio de justiça e paz.

Planos de Deus para a terra

"E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã: o dia sexto." (Gn. 1:31).

De um mundo vazio e sem forma, o poder de Deus moldou um planeta, belo e perfeito, para ser habitado.
Fico pensando como seria este mundo antes do homem pecar. Se eu digo que algo está muito bom, imagino uma coisa que me satisfaz e alegra meus olhos e coração. Mas se Deus diz que está muito bom, como seria então?

O Deus soberano, como exímio arquiteto desenhou e gerou este planeta. Fez dele um lar e deu-o ao homem que criou para desfrutar e ser feliz. Mostrar-se o senhor da criação.

"Mas, em certo lugar, testificou alguém, dizendo: Que é o homem, para que dele te lembres? Ou o filho do homem, para que visites? Tu o fizeste um pouco menor do que os anjos, de glória e de honra o coroaste e o constituíste sobre as obras de tuas mãos." (Hb. 2: 6,7).

É mais que certo de que hoje a terra já não é mais a mesma. No entanto, não será por isso que deixará de ser morada para o homem, no futuro. Somos daqui de baixo e aqui estaremos assentados juntos a Jesus.
"Na verdade, a terra está contaminada por causa dos moradores, porquanto transgridem as leis, mudam os estatutos e quebram a aliança eterna. Por isso, a maldição consome a terra, e os que habitam nela serão desolados; por isso, serão queimados os moradores da terra e poucos homens restaram." (Is. 24:5, 6).

Com o pecado, a terra mostra-se para o homem como um lar hostil. O homem crê até que Deus permitirá uma destruição do planeta. A esperança de uma morada de paz e o conhecimento dos propósitos no futuro reino, geram uma obcecação pelo reino no céu. Algo que Jesus, na palavra jamais prometeu.

Cidade nos céus

Alguém poderia indagar sobre as moradas no céu, mesmo observando que aqui, não existe promessa de alguém ir lá. Lembre-se do que disse Jesus: "Vós sois de baixo!!

" E eu João, vi a Santa Cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do Céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu,que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus. E Deus limpara de seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas." (Ap. 21: 2- 4)

Observe que a cidade desce do céu como uma esposa para o seu marido e não com o seu marido. Além disso, os verbos que dizem que Deus habitará, estará, e limpará de seus olhos toda a lágrima, estão no futuro. Se a igreja estivesse dentro desta cidade, quando descia, por que Deus ainda não teria estado com seu povo?

Por que Jesus não estaria com o povo e sim, aguardando a cidade aqui,como o noivo aguarda a noiva?

A cidade desce vazia depois que todos os inimigos de Deus são anulados, para um reino eterno.

"Depois, vira o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo império e toda potestade e força. Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés. Ora, o último inimigo que a de ser aniquilado é a morte. Porque todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que sujeitou todas as coisas. E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, também o mesmo filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos." (I Co. 15:24- 28)

Com isso fica entendido também passagens como filipenses 3: 20 que diz que nossa cidade está nos Céus e I Pedro 1: 4, que fala da herança incorruptível, entre outras. Quando a terra estiver no estado edênico, então receberemos a cidade que Deus nos tem preparados antes disso, com a vinda do Senhor Jesus, teremos o tempo de restauração de tudo.

"Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mão, eterna, nos céus."(II Co.5:1)

Este outro texto usado para defender a morada nos céus. Mas o bom estudante observará que se trata do nosso corpo corruptível e a transformação para incorruptibilidade, nos planos de Deus. Nada de morada nos céus.

Os que destroem a terra...

Pouco atrás lemos que a terra está contaminada por causa de seus moradores, os quais serão queimados e poucos homens restarão. Temos que compreender que a terra não tem culpa de estar contaminada, mas sim o homem que degenerou.Por que então Deus destruiria a terra que por si é inocente? Por que destruiria o planeta que fez para o domínio do homem?

"...ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele.."(Jô.8:44)

"O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância."(Jo.10:10)

O mentiroso inimigo de Deus, que não se firmou na verdade, sempre busca matar e destruir as obras de Deus. Mais que isto: destruir o lar dos filhos de Deus. Mas nem sempre será assim.

"É iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruírem os que destroem a terra.(Ap.11:18)

Não é plano de Deus acabar com a obra de suas mãos. Ao encher a terra com o pecado, Satanás intenta que Deus desfaça-a. Contudo, o céu contém a Jesusque virá restaurar este campo para os justos e com os justos.

"A terra, porém, estava corrompida diante da face de Deus;e encheu-se aterra de violência. E viu Deus a terra, eis que estava corrompida; porque toda carne havia corrompido o seu caminho sobre a terra. Mas contigo estabelecerei o meu pacto; e entrarás na arca, tu e os teus filhos, e a tua mulher, e as mulheres de teus filhos contigo. E de tudo o que vive, de toda carne, dois de cada espécie meterás na arca, para os conservares vivos contigo. "( Gen. 6:11,12,18,19)

Note que enquanto o inimigo quer desfazer e destruir, Deus busca conservar. Para Deus é obvio que seria mais fácil destruir e recriar tudo. Mas,se assim fosse, o diabo teria vencido, pois teria feito com que Deus aniquilasse uma obra de sua mãos.

No entanto o inimigo perde. Deus ama e preserva a vida que criou, por isso nosso Jesus vem para destruir não a terra, mas aqueles que querem destruí-la.

"E o SENHOR cheirou o suave cheiro e disse o SENHOR em seu coração: Não tornarei mais amaldiçoar a terra por causa do homem, porque a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice; nem tornarei mas a ferir todo vivente, como fiz.E eu, eis que estabeleço o meu concerto convosco, e com vossa semente depois de vós, e com toda alma vivente,que convosco esta, de aves, de reses, e de todo animal da terra convosco; desde todos que saíram da arca, até todo animal da terra. E disse Deus: Este é o sinal de concerto, que não será mais destruída toda carne pelas águas do dilúvio e não haverá mais dilúvio para destruir a terra. E disse Deus: Este é o sinal do concerto que ponho entre mim e vós e entre toda alma vivente, que está convosco, por gerações eternas. O meu arco tenho posto na nuvem; este será por sinal do concerto entre mim e a terra."(Gen. 8:21 e 9:9-13)

Se fosse plano de Deus destruir tudo, tê-lo-ia feito naquela época. Não faria a promessa de não mais destruir todo vivente. Nem mesmo faria pacto entre todos os seres viventes e Ele próprio.

"Porque brotará um rebento do tronco de Jessé,e das suas raízes um renovo frutificará. E repousará sobre ele o espírito do SENHOR, e o espírito de sabedoria e de inteligência, e o espírito de conselho e de fortaleza, e o Espírito de conhecimento e de temor do SENHOR. E deleitar-se-á no temor do SENHOR e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos; mas julgara com justiça os pobres, e repreenderá com eqüidade os mansos da terra, e ferirá a terra com a vara de sua boca,e com o sopro de seu lábios matará o ímpio.

E a justiça será o cinco dos seus lombos, e a verdade, os cintos dos seus rins.

E morará o lobo com o cordeiro, e o Leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão, e as nédias ovelhas viverão juntos, e um menino os pequeno os guiará. A vaca e a ursa pastarão juntas, e seus filhos juntos se deitarão; e o leão comerá palha como o boi.

E brincara a criança de peito sobre a toca da áspide, e o já desmamado meterá a mão na cova do basilisco. "Não se fará mal nem dano algum em todo o monte da minha santidade, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar."(Is. 11: 1-9)

Que reino glorioso será este, quando Deus, que preserva em vida a criação, eliminar a ferocidade dos animais e até as crianças brincarem com o rugido do leão!

"E edificaram casas e as habitarão; plantarão vinhas e comeram o seu fruto. O lobo e o cordeiro se apascentarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; e o pó será a comida da serpente.Não farão mal nem dano algum em todo meu santo monte, diz o SENHOR. (Is. 65:21,25)

"A tua justiça é como as grandes montanhas; os teus juízos são um grande abismo; SENHOR, tu conservas os homens e os animais." (SI. 36:6)

Que bom é ter um Deus que preserva os homens e animais! Um Deus que não busca aniquilar, mas manter a obra de suas mãos!

"Porque assim diz o SENHOR que tem criado os céus, o Deus que formou a terra e a fez; ele a estabeleceu, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habilitada: Eu sou o SENHOR,e não há outro."(Is. 45:18)

O plano original de Deus é de um reino pacífico. Uma terra como o jardim do Éden e uma habitação da qual se diz: "eis que tudo é muito bom", assim será o domínio de cristo.

"Assim diz o senhor Deus: No dia em que eu vos purificar de todas as vossas maldades, então, farei com que sejam habitadas as cidades e sejam edificados os lugares devastados". E a terra assolada se lavrará, em vez de estar assolada aos olhos de todos os que passam.

E dirão: Esta terra assolada ficou como jardim do Éden; e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas estão fortalecidas e habitadas. Então, saberão as nações que ficarem de resto em redor de vós que eu, o SENHOR, tenho reedificado as cidades destruídas e plantado o que estava devastado; eu, o SENHOR, o disse e farei.

Assim diz o Senhor Deus: Ainda por isso me pedirá a casa de Israel, que lho faça: multiplicar-lhes-ei os homens, como a um rebanho. "Como o rebanho santificado, como o rebanho de Jerusalém nas suas solenidades, assim as cidades desertas se encherão de famílias; e saberão que eu sou o SENHOR."(Ez. 36:33-38)

Difícil imaginar o porquê do homem não desejar a morada que Deus lhe deu e as promessas de paz neste mundo, neste campo, neste futuro reino de seu filho! Agradeço porque Deus nos preserva e não e não permitirá que o homem com maldade destrua nossa habitação.

"Sede benditos do SENHOR, que fez os céus e a terra. Os céus são os céus do SENHOR;mas a terra deu-a ele aos filhos dos homens."(SI. 115: 15,16)

Na volta de Jesus nos assentaremos no trono que lhe fora prometido, e trabalharemos para fazermos, juntos ao Senhor, um mundo digno e muito bom que Deus deseja a seus filhos.

Destino dos ímpios na vinda de Jesus

"Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro e se guardam para o fogo, até o Dia do Juízo e da perdição dos homens ímpios. Mas o dia do senhor virá como o ladrão de noite, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão e a terra e as obras que nela há se queimarão." (II Pe. 3: 7,10)

Note que Pedro falava, anteriormente, da destruição do mundo de então pelas águas do dilúvio. Pelo que sabemos foram destruídos animais, homens e seres que estavam fora da arca, mas não a terra em si. Com fogo será a destruição dos homens ímpios, no dia que vem como ladrão e noite.

"Por isso, a maldição consome a terra, e os que habitam nela serão desolados; por isso, serão queimados os moradores da terra, e poucos homens restarão." (Is. 24:6)

"Também Deus te destruirá para sempre; arrebatar-te-á e arrancar-te-á tua habitação; e desarraigar-te-á da terra dos viventes. (Selá) E os justos o verão, e temerão, e se rirão dele, dizendo; Eis aqui o homem que nos pôs a Deus por sua fortaleza; antes confiou na abundância das suas riquezas e se fortaleceu na sua maldade." (SI. 52: 5-7)

O ímpio será retirado da terra, isto é, será eliminado de forma definitiva, não deixando nem raiz nem ramos. Quem verá isto? O justo!

Durante o tempo da recompensa dos homens maus, os salvos estarão aqui para contemplar a diferença entre o que serve a Deus e o que não serve.

" O SENHOR é Rei eterno; da sua terra serão desarraigados os gentios. SENHOR, tu ouviste os desejos dos mansos,; os teus ouvidos estarão abertos para eles; para fazeres justiça ao órfão e ao oprimido, a fim de que o homem, que é da terra, não prossiga mas em usar da violência." (SI. 10: 16-18)

Na terra do rei a boa semente, unicamente a boa semente, poderá prosperar. Partindo dos planos de Deus, a terra seguirá habitada para sempre.

"Porque os malfeitores serão desarraigados; mas aqueles que esperam no SENHOR herdarão a terra. Pois ainda um pouco, e o ímpio não existirá; olharás para o seu lugar, e não aparecerá. Mas os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz." (SI. 37: 9-11)

O trigo, o salvo, espera no senhor e herdará a terra. O ímpio, por sua vez, não existirá mais. Olharemos para o seu lugar e não aparecerá.

"Porque eis que aquele dia vem ardendo como forno; todos os soberbos e todos os que cometem impiedade serão como palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o SENHOR dos exércitos, de sorte que não lhes deixará nem raiz nem ramo. Mas para vós que temeis o meu nome nascerá o sol da justiça e salvação trará debaixo das sua asas; e saireis e crescereis como os bezerros do cevadouro. E pisareis os ímpios, porque se farão cinza debaixo das plantas de vossos pés, naquele dia que farei, diz o SENHOR dos exércitos. (MI.4: 1-3)

Mas como seria possível pisar esta cinza se o salvo fosse retirado da terra antes da tribulação? Mas sabemos agora que primeiro será aniquilado o joio e então o trigo florescerá no mundo!

"E eles serão meus, diz o SENHOR dos exércitos,naquele dia que farei, serão para mim particular tesouro; poupá-los-ei como um homem poupa o seu filho que o serve. Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve."(MI. 3: 17-18)

"Mil cairão ao teu lado, e dez mil, à tua direita, mas tu não serás atingido. Somente com os teus olhos olharás e verás a recompensa dos ímpio. Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio! O altíssimo é a tua habitação. Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará a tua tenda."

Este salmo 91: 7-10 é muito citado, mas seria compreendido?

"Porque os retos habitarão a terra, e os sinceros permanecerão nela. Mas os ímpios serão arrancados da terra, e os aleivosos serão dela exterminados."(Pv. 2: 21,22)

Somente os vencedores poderão estar assentados com cristo no seu trono. Estes reinarão sobre a terra, mas os ímpios serão exterminados no dia da vinda do Senhor.

Como um ladrão na noite...

"Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. Por isso, estai vos apercebidos também, porque o filho do homem há de vir á hora em que não penseis."(Mt. 24: 43,44)

Será que poderíamos entender que esta passagem diz que a vinda de Jesus será secreta e que misteriosamente Ele rapta os salvos para levá-los ao céu?Não!!

Por ser desconhecido o dia e hora da vinda do mestre, a bíblia compara essa ocasião com o dia da vinda do ladrão.Não significa que Jesus aparecerá sendo ele como um ladrão, mas sim o dia de sua vinda. Isto se dará por não sabermos quando ocorrerá o dia.

"Mas o Dia do Senhor virá como o ladrão e noite, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra e as obras que nela há se queimarão. Havendo, pois de parecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato e piedade, aguardando e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo, se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?" (II Pe. 3: 10)

O que vem como ladrão de noite? O Senhor ou o dia de sua vinda? Jesus irá agir como um ladrão, num seqüestro silencioso? Que estrondo seria este que fala o apóstolo?

"Mas, irmão, acerca dos tempos e das estações, não necessita de que se vos escreva; porque vos mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite." (I Ts. 5: 1, 2)

Este texto, assim como os outros combinam exatamente com o que diz Mateus, que o dia da vinda do Senhor somente Deus sabe.
"Porém daquele Dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o filho, mas unicamente meu Pai. E, como foi nos dias de Noé, assim também será a vinda do filho do homem." (Mt. 24: 36)

Observe que aqui nos fala da vinda de Jesus. Este é outro detalhe. Se admitirmos uma morada no céu por sete anos e depois Jesus voltando teríamos então uma terceira vinda. Onde a escritura fala disso?

Vinda visível!

"E, então, verão vir o filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória." (Lc. 21:27)
A vinda de Jesus será visível conforme Ele mesmo disse.

" Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até os mesmos o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim Amém!" (Ap. 1: 7)

"Então, aparecerá no céu o sinal do filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão e verão o filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e de grande glória. E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus." (Mt. 24: 30,31)

"Então, se alguém vos disser: Eis que o cristo esta aqui ou ali, não lhe deis crédito, porque surgirão falsos cristos e falsos profetas e farão tão grandes sinais e prodígios, que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Eis que eu vo-lo tenho predito. Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais; ou: Eis que ele está no interior da casa, não acrediteis. Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do filho do Homem. Pois onde estiver o cadáver, aí se ajudarão as águias."(Mt 24: 23- 28)

" Os seus relâmpagos alumiam o mundo; a terra viu e tremeu." (SI 97:4)

Será que estas passagens dizem que a vinda de Jesus será invisível?Não creio.
 
Existem várias teorias sobre o lugar da habitação dos santos. Qual seria a verdade?

- 144 mil fiéis formam uma elite e vão morar no Céu; o restante, a grande multidão, fica na Terra.
- Após um rapto secreto os salvos passarão sete ou três anos e meio no Céu, depois voltarão e aqui reinarão.
- A Igreja será levada ao Céu e lá viverá por mil anos, regressando à Terra, depois deste período.
- Os santos serão levados da Terra ao Céu no arrebatamento e lá passarão a eternidade!


O Céu como promessa aos salvos sempre foi aceito pela maioria, sem questionamento. No entanto, que diriam as Escrituras? Qual profeta ou apóstolo, ao revelar o plano de Deus para a humanidade, apresenta tal promessa? O Céu, segundo a Bíblia Sagrada, é o Trono de Deus e sede do Seu governo. A Terra, sim, é que foi destinada para habitação dos homens:

"Sede benditos do SENHOR, que fez os céus e a terra. Os céus são os céus do SENHOR; mas a terra, deu-a ele aos filhos dos homens." (Sl. 115:15,16)

Haja o que houver, Deus vai cumprir à risca Seus planos e Sua vontade, independentemente da pregação e das promessas religiosas:

"Mas os mansos herdarão a terra, e se deleitarão na abundância de paz". (Sl. 37:9)

Adão poderia estar vivo até hoje e dominando os demais viventes, se tivesse sido fiel ao mandamento divino. Sua opção mudou tudo e determinou as condições em que vivemos atualmente. Desigualdades sociais, doenças incuráveis, guerras e destruição do meio ambiente, são frutos desta escolha. Logo veremos grandes transformações! O novo Rei mudará tudo, e aqui será o lar dos remidos, para sempre!

Vinte e seis Razões porque O Reino será na Terra!


1. Deus não deu o Céu aos homens: "Os céus são os céus do SENHOR, mas a terra, deu-a ele aos filhos dos homens." (Sl. 115:16)

2. O Céu é o trono de Deus: "O céu é o meu trono, e a terra, o estrado dos meus pés; que casa me edificareis, diz o Senhor, ou qual é o lugar do meu repouso?" (At. 7:49)

3. Na Terra habitarão os que esperam no Senhor: "Porque os malfeitores serão exterminados, mas os que esperam no SENHOR possuirão a terra." (Sl. 37:9)

4. Os justos herdarão a Terra: "Os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre." (Sl. 37:29)

5. Yeshua ( Jesus) e o profeta Davi disseram que os mansos herdarão a Terra:
"Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra." (Mt. 5:5)
"Mas os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz." (Sl. 37:11)

6. Os remidos por Jesus aqui reinarão:
"E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra." (Ap. 5:10)

7. Na Terra habitarão os eleitos do Senhor:
"...e os meus eleitos herdarão a terra e os meus servos habitarão nela." (Is. 65:9)

8. Os sinceros não serão removidos daqui:
"Porque os retos habitarão a terra, e os íntegros permanecerão nela. Mas os perversos serão eliminados da terra, e os aleivosos serão dela desarraigados." (Pv. 2:21,22)

9. A Terra é o limite para habitação do homem:
"De um só fez toda a raça humana para habitar sobre toda a face da terra, havendo fixado os tempos previamente estabelecidos e os limites da sua habitação." (At. 17:26)

10. O homem é da Terra:

"Para fazeres justiça ao órfão e ao oprimido, a fim de que o homem, que é da terra, já não infunda terror." (Sl. 10:18)

11. Ninguém poderia seguir Jesus ao Céu:
a) Nem os judeus incrédulos:

"De outra feita, lhes falou, dizendo: Vou retirar-me, e vós me procurareis, mas perecereis no vosso pecado; para onde eu vou vós não podeis ir. Então diziam os judeus; Terá ele, acaso, a intenção de suicidar-se? Porque diz: para onde eu vou não podeis ir. E prosseguiu: Vós sois cá debaixo, eu sou lá de cima; vós sois desse mundo, eu desse mundo não sou." (João 8:21-23). Ver também cap. 7:33,34.


b) Nem Seus próprios discípulos:
"Filhinhos, ainda por um pouco estou convosco; buscar-me-eis, e o que eu disse aos judeus também agora vos digo a vós outros: para onde eu vou, vós não podeis ir." (João 13:33)

12. Jesus ensinou que o Reino virá:
"Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu." (Mt. 6:9)

13. Jesus nos prometeu lugar no trono dEle:
"Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono." (Ap. 3:21). Nota: Jesus está atualmente no trono do Pai e não no dEle!

14. O Reino de Jesus será aqui na Terra:
"Mandará o Filho do Homem os seus anjos, e eles colherão do seu Reino tudo o que causa escândalo e os que cometem iniqüidade. E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali, haverá pranto e ranger de dentes." (Mt. 13:41, 42)
Onde estão os causadores de escândalos e os que cometem iniqüidade atualmente? Eles estão poluindo o Reino de Jesus e por isso serão removidos da Terra!

15. O Trono de Davi, na Jerusalém terrena, será ocupado por Jesus : "...e pôr-lhe-ás o nome de Jesus ...e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai, e reinará eternamente na casa de Jacó (Israel e Yerushalaim (Jerusalém), e o seu Reino não terá fim." (Lc. 1:31-33).
"Jerusalém está edificada como uma cidade bem sólida...pois ali estão os tronos do juízo, os tronos da casa de Davi." (Sl. 122:3,5)
"Varões irmãos, seja-me lícito dizer-vos livremente acerca do patriarca Davi que ele morreu e foi sepultado. Sendo, pois, ele profeta e sabendo que Deus lhe havia prometido com juramento que do fruto de seus lombos, segundo a carne, levantaria o Cristo, para o assentar sobre o seu trono." (At. 2:29, 30)

16. Jesus vai ocupar este trono quando voltar:
"E, quando o Filho do Homem vier em sua glória, e todos os santos anjos, com ele, então, se assentará no trono da sua glória." (Mt. 25:31)

17. Os ímpios serão tirados da Terra:
"Mas os perversos serão eliminados da terra, e os aleivosos serão dela desarraigados." (Pv. 2:22)
"Pois, assim como o joio é colhido e lançado ao fogo, assim será na consumação do século. Mandará o Filho do Homem os seus anjos, e eles colherão do seu Reino tudo o que causa escândalo e os que cometem iniqüidade." (Mt. 13:40,41)

18. A Terra é reino e o lugar do governo de Jesus:
"Eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que levantarei a Davi um Renovo justo; sendo rei, reinará, e prosperará, e praticará o juízo e a justiça na terra." (Jr. 23:5)
"E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino, o único que não será destruído." (Dn. 7:14)

19. O Reino é debaixo dos Céus; portanto, na Terra:
"E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão e lhe obedecerão." (Dn. 7:27)

20. Somos trigo ou filhos do reino e aqui ficaremos:
"O campo é o mundo; a boa semente são os filhos do reino; o joio são os filhos do maligno." (Mt. 13:38).
"Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: colhei primeiro o joio e atai-o em molhos para o queimar; mas o trigo, ajuntai-o no meu celeiro." (Mt. 13:30).
O campo é a Terra e aqui permanecerão os salvos (trigo).

21. O ímpio é joio e ele é que sairá da Terra:
"Ele, porém, respondendo, disse: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada." (Mt. 15:13)

22. Jesus vem para ficar aqui:
"Estavas vendo isso, quando uma pedra foi cortada, sem mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e os esmiuçou...mas a pedra que feriu a estátua se fez um grande monte e encheu toda a terra."
"Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e esse reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos e será estabelecido para sempre." (Dn. 2:34,35,44)
Nota: A Pedra volta para o Céu? Não. Antes se torna um grande monte (reino) e enche toda a Terra. É o Reino Milenar Messiânico! Este reino não passa mais aos homens, mas somente ao Pai, posteriormente (Ap. 11:15)

23. Restarão nações após o Armagedom: "Por isso, a maldição consome a terra, e os que habitam nela serão desolados; por isso, serão queimados os moradores da terra, e poucos homens restarão." (Is. 24:6)

24. Os salvos reinarão sobre as nações sobreviventes do Armagedom e as que se formarem durante o Milênio:
"Mas o que tendes, retende-o até que eu venha. E ao que vencer e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações, e com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai." (Ap. 2:25-27)

25. Durante os mil anos a Terra não ficará vazia:
"Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que mais não engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo." (Ap. 20:2,3)
Satanás é preso exatamente porque têm nações aqui!

26. As moradas de João 14, vem para a Terra: "E eu, João, vi a Santa Cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu...E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus." (Ap. 21:2, 3)
Ninguém vai ao Céu para morar na Nova Jerusalém. Ela descerá aqui depois do Milênio e então se abrirá aos santos!

CONCLUSÃO

Amigo, estas razões bíblicas que você acaba de conhecer, demonstram CLARAMENTE que os profetas e apóstolos estavam seguros do estabelecimento do Reino de Deus na Terra e desconheciam totalmente esta teoria de que os fiéis iriam morar algum tempo no Céu.

Yeshua ( Jesus) ascendeu aos Céus para tomar posse deste Reino.
Hoje está assentado no trono do Pai. Voltará para se assentar no Seu próprio trono, o trono de Sua glória.
"E quando o Filho do homem vier em Sua glória, e todos os santos anjos com Ele, então se assentará no trono de Sua glória". (Mt. 25:31; Ap. 3:21)

Com a vinda de Jesus, cumprir-se-á o mistério de Deus, anunciado aos Seus santos profetas (Ap. 10:7), ou seja, os reinos terrenos Lhe serão entregues, e dominará toda a Terra:

"E tocou o sétimo anjo a sua trombeta e houve vozes no céu que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e de Seu Cristo, e Ele reinará para todo sempre." (Ap. 11:15);

"O Senhor será rei sobre toda a terra. Naquele dia um será o Senhor, e um será seu nome." (Zc. 14:9)

O resto de Israel exercerá trabalho missionário entre os sobreviventes das nações e os que nascerem no Milênio. Os salvos, ou seja, os que ressuscitaram na 1ª ressurreição, serão reis e sacerdotes, governando com Cristo estas nações:

"E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão e lhe obedecerão." (Dn. 7:27)

Esta é a pura verdade sobre o Reino de Deus. Não existe um tempo de morada nos Céus! O Milênio será na Terra e é o próximo reino mundial governado pelo Messias Jesus e os Seus santos:
"E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra." (Ap. 5:10)
 
 
Contato com: Evangelista Flavio Schmidt de Carvalho
email: flavioschmidt@hotmail.com
blog: http://evangelistaflavio.blogspot.com

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Para quem acha que a Lei Alimentar de Levítico 11 e Deuteronômio 14 foi abolida no "Novo Testamento", segue explanação dos textos usados de forma incorreta para se embasar tal erro.


Parte 1

Dizem os crente hoje por ai: Nós na Nova Aliança podemos comer de tudo, é só orar que tudo tá limpo!

É no mínimo interessante o grande contraste sobre o que se ensina sobre o que Yeshua ensinou e o que vemos posteriormente na boca dos apóstolos.

Por exemplo, ensina-se que Yeshua tornou todos os alimentos limpos. Cobras e lagartos, rãs e suínos agora, podem ser saboreados sem medo de pecar pois Yeshua ensinou: "o que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem. " (Mateus 15:11) e com esta “máxima” pregadores alardeiam que estamos livres para comer tudo o que se move.

Mas perceba a grandeza da Escritura que não nos deixa dúvidas… pois um pouco mais a frente Mateus escreveu que "Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Explica-nos essa parábola. " (Mateus 15:15) ou seja, o apóstolo não entendendo o sentido e significado desta purificação, não hesitou mas demonstrou sua ignorância quanto ao assunto e pediu: “explica-nos”

E o Senhor Yeshua explicou com certo tom de repreensão ao pedido de Pedro: "Ainda não compreendeis que tudo o que entra pela boca desce para o ventre e é lançado fora? mas o que sai da boca procede do coração, e isso contamina o homem. Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. São essas coisas que contaminam o homem; mas comer sem lavar as mãos, isso não contamina o homem. " (Mateus 15:17 a 20).

Caro leitor, perceba que em todo o relato de Mateus, não há sequer menção de carnes imundas ou alimentos proibidos. Há sim um debate referente a "… não lavam as mãos quando comem pão." (Mateus 15:2). Então entendam que toda a discussão gira em torno de uma “tradição dos anciãos” e não de alimentos limpos ou imundos.

O ponto principal é que o próprio Pedro (ao contrário dos apóstolos contemporâneos) entendeu que Jesus não se referia a comer qualquer alimento pois agora tudo é limpo mas apenas a comer sem lavar as mãos!

O próprio Pedro, mais de três anos no mínimo, depois desta palavra de Jesus, repetiu para o mesmo senhor: “… nunca comi coisa alguma comum e imunda.” (Atos 10:14)

Não é interessante como o próprio Pedro pede explicação para Jesus e ele mesmo repete um bom tempo depois ao senhor: “nunca comi nada imundo”

Ora… não estava agora tudo purificado? Como então pode Pedro ainda fazer tal distinção? Desobediência? Obstinação? Teimosia em não aprender? Falta de inteligência em aprender? Seria Pedro um daqueles judaizantes? Ora … Pedro não foi ensinado assim. Simples assim! Yeshua não veio para purificar carnes de porco, caro leitor, e não foi isso o que Ele ensinou em Mateus 15!

“EU COMO TUDO PORQUE O QUE D-US FEZ É BOM”


Sim, realmente é bom o que D-us fez, mas, para o fim que D-us criou. Exemplo: minhoca é boa, mas não para se comer e sim fertilizar a terra. Urubu é tão bom e útil que é proibido por lei matá-lo. Por conseguinte, ao afirmar o Senhor que “tudo é bom” não foi para que nós hoje nos valhamos disto para satisfazer nossa vontade. Esta deve ser submetida à vontade do Senhor.

Mas o texto utilizado para se dizer que toda a criatura de D-us é boa é o texto de 1 Timóteo 4:1-5 “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, 2 pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência, 3 que proíbem o casamento e exigem abstinência de alimentos que D-us criou para serem recebidos, com ações de graças, pelos fiéis e por quantos conhecem plenamente a verdade; 4 pois tudo que D-us criou é bom, e, recebido com ações de graças, nada é recusável, 5 porque, pela palavra de D-us e pela oração, é santificado.”

Temos que notar que Shaul (Paulo) está falando com Timóteo que se encontra em Éfeso em meio a cultura pagã, onde certos preceitos ascéticos foram sorrateiramente adentrando à Igreja, e é exatamente contra tais preceitos que Shaul está a prevenir a Igreja e não contra a entendimento bíblico da Lei Alimentar expresso em Lev.11e deut. 14, pois vemos que ele assevera contra os que proíbem o casamento, e tal proibição não é judaica e muito menos bíblica, assim como a abstinência de se comer aquilo que o Senhor criou como alimento, pois os animais listados em Lev. 11 e Deut. 14 como impuros não são considerados alimentos, portanto tal abstinência relatada aqui em nada tem haver com a Kashrut Judaica, isto é , com Lei Alimentar Bíblica, mas isso fica claro quando Shaul fala que tais alimentos foram criados por D-us para serem recebidos por aqueles fiéis que conhecem plenamente a verdade, e se usarmos o conceito de verdade encontrado no Evangelho de João 17:17 que diz “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.”, e entendendo que quando Yeshua disse isso e quando Timóteo recebeu a carta de Shaul a “PALAVRA” de D-us era só e somente só a Torah e os Profetas, concluímos que os fiéis que conheciam a verdade logicamente tinham Levítico 11 e Deuteronômio 14 como a verdadeira palavra de D-us.

Mas não obstante a tudo isso o próprio verso 5 mostra claramente o que acabamos de relatar, pois Shaul diz que pela PALAVRA de D-us e pela oração, o alimento é santificado, vemos novamente que não é somente orar para a carne de porco ficar santificada, mas tem que se passar primeiro pelo crivo da PALAVRA de D-us que já decretou que a carne de tal animal não é santificável, sendo assim mesmo que se queira tirar as palavras de Shaul do contexto histórico a qual Timóteo estava enfrentando não é possível mesmo assim se invalidar a LEI ALIMENTAR BÍBLICA.

“A CARNE DE PORCO NÃO IMPLICA NA MINHA SALVAÇÃO”


O Senhor quer que tenhamos boa saúde (III S. João1:2), porque nos comprou por bom preço, Sangue Inocente (I Cor. 6:19-20), e espera que sejamos puros (Rom. 12:1), para nos constituirmos realmente na morada do Espírito Santo. I Cor. 3:16. 

Se alguém, pela ingestão de carnes imundas (Lev. 11; Deut. 14), se torna impuro, D-us nele não pode morar, e pior, será destruído no último dia. I Cor. 3:17. 

Por exemplo, D-us Se “irrita” com os comedores de porco (Isaías 65:3-4). Também os consumirá (Isaías 66:17 – compare com os versos 22-23). Veja, D-us está falando que os comedores de carne de porco ficarão fora da Nova Terra. Isso merece, portanto, sua reflexão plena. Implica ou não na perda da salvação?, entenda leitor, não é, o não comer de animais impuros que vai te salvar, mas sim a graça de D-us, mas se você viver em desobediência a vontade de D-us, isso mostra o quanto a salvação dada por ELE, para você é tida como sem valor, pois se você morre com Yeshua na Cruz, simbolizado no seu Batismo, mas você nasce de novo para continuar fazendo o que você sempre fez, isso implica que você foi salvo do pecado mas preferiu voltar para ele sendo assim você vira as costas para o sacrifício de Yeshua, sendo assim novamente um réu para a condenação e isso é perder a salvação.

Fica aqui algumas considerações: Por que a carne de porco não é consumida nos hospitais? Deut. 14:8. Uma vez ouvi: “A diferença do urubu para o porco é que um voa e o outro anda sobre patas.” – De fato, a função de ambos é a limpeza da terra, e não ser o prato principal do jantar.

Texto orinalmente publicado por Anselmo Goldman em http://elohimomer.blogspot.com/ e adaptado, acrescido e mexido por Metushelach Ben Levy.